Centro social San José de Calasanz en Serra (Brasil)

O Centro Social São José de Calasanz atende à população dos bairros de Feu Rosa e Vila Nova de Colares, marcados por altos índices de violência e bolsões de pobreza. Os bairros surgiram na década de 1980, a partir do deslocamento de populações de vilas e favelas da cidade de Vitória, afetadas por deslizamentos de terra que soterraram casas e forçaram a desocupação de muitos lares. Desamparadas pelo poder público à época, essas famílias migraram para essa região da Cidade de Serra, e grande parte das moradias é irregular. Há bons equipamentos públicos de educação, mas não se pode dizer o mesmo das áreas de saúde, lazer e assistência social. As crianças que frequentam a escola geralmente passam o resto do dia nas ruas. A região foi incluída no programa “Território da Paz” do Governo Federal, devido ao alto índice de violência e homicídio de jovens.

Infraestrutura
O centro social ocupa uma área construída com cerca de 715,67 m2 em espaço contendo 1 sala de oficinas, sala de Administração e Serviço Social, sala de atendimento bioenergético, cozinha semi-industrial e refeitório, salão multimeios com estrutura para aulas de balé, capoeira e brake dance, laboratório de informática, telecentro, mini-biblioteca, almoxarifado e área descoberta
COLABORADORES 06 funcionários, 23 voluntários
Projetos desenvolvidos
JORNADA AMPLIADA
O projeto tem como objetivo contribuir para a inclusão social de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social e pessoal. O projeto, de natureza formativa, desenvolve atividades sistemáticas, estimulando o desenvolvimento cognitivo e a construção de identidades pessoal e social dos usuários. Atende crianças em situação de vulnerabilidade pessoal e/ou social de 06 a 11 anos no turno matutino e adolescentes de 12 a 15 anos no turno vespertino, sempre atuando no contra-turno escolar.
BIOENERGIA
É um projeto que busca atendimento à comunidade através do conhecimento das plantas medicinais. Seu público-alvo é a comunidade de Vila Nova de Colares e bairros adjacentes. O objetivo é melhorar a qualidade de vida da população através do conhecimento das plantas medi-cinais e do cuidado com o corpo.
JOVENS URBANOS
O Programa Jovens Urbanos é uma iniciativa da Fundação Itaú Social e coordenação técnica do CENPEC, voltada à ampliação de repertório sociocultural de jovens, moradores das áreas periféricas das regiões metropolitanas que apresentam alto índice de vulnerabilidade social e juvenil. A formação desenvolvida visa qualificar e potencializar a participação dos jovens na vida pública e no mundo do trabalho, assim como contribuir para a permanência, retorno e conclusão da educação básica. A metodologia tem como base a exploração, experimentação, produção e expressão a partir da circulação na cidade e da apropriação de diferentes tecnologias. Compõe também a metodologia, a intervenção na comunidade desenvolvida por meio de Projetos Jovens.
O Programa Jovens Urbanos trabalha em rede, sendo executado em parceria com o Poder Público,  Universidades, Empresas Privadas, Consultores/ Assessores Tecnológicos e Instituições da sociedade civil  situadas nas localidades onde os jovens residem.

Dejar un comentario

nombre*

Correo electrónico* (no publicado)

sitio web